5 de fev de 2017



Calma!

Não houve carraspana antes do Clássico das Emoções.

Houve apenas oscilação.

Oscilação que vem lá da Roma Antiga.

Quando os fiéis do Deus da Farra penduravam máscaras de Baco nas varandas: os oscillum.

O vento balançava os oscillum.

E nasceu o verbo oscillare.

O nosso querido e físico oscilar.

Verbo que enche a boca de técnicos e comentaristas esportivos.

O time 'oscilou'.

O grupo ainda está 'oscilando'.

Vamos 'oscilar' até contratarmos o entrosamento.

Por aí vai.

Grandes equipes não oscilam, diriam Einstein.

Átomos sim.

Nossos times, portanto, são apenas átomos.

Oscilando e emitindo radiação.

Radiação que deixa os torcedores queimando de raiva...

Mesmo quando se socorrem do deus Baco após as derrotas...


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários