29 de dez de 2016




Bergson disse adeus.

Acabou seu ciclo.

Diz que não pode se calar.

O clube devia obrigações aos jogadores antes do jogo contra o Oeste.

Direitos de imagem.

Salário de outubro.

Bixos atrasados.

Dívidas de 2015.

Pois é.

Sou e sempre serei a favor de salário em dia.

Tudo na mais perfeita ordem.

Mas também sei somar 2 + 2.

O Náutico fez milagre em 2016 no que se refere aos compromissos com os atletas.

A classificação saldaria todos esses débitos.

Porém.

Os jogadores curtem as dívidas.

A Justiça Trabalhista parece que tem feitiço.

Em tempo.

Bergson só não explica a malemolencia contra o Oeste.


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários