26 de dez de 2016



Por ROBERTO VIEIRA

14 de fevereiro de 1973.

O Brasil surpreende o mundo valorizando sua moeda.

O Cruzeiro subia.

O Dólar despencava no planeta.

Eram apenas 3%... mas 3% que diziam muito sobre o país.

A Ditadura estava consolidada.

A Guerrilha do Araguaia ia sendo desbaratada.

O País do Futuro construía a Transamazônica.

Gasolina azul nos postos.

Oposição era uma ficção científica.

Quem não amava o Brasil ia embora.

Por bem ou por mal.

Delfim Neto controlava a moeda com mão de ferro desde 1969.

Parecia que o amanhã não ia ser outro dia.

E quem diria?

1973 traria o choque do petróleo.

Geisel e o Brasil continuariam crescendo.

Mas o sonho estava apenas começando a se tornar pesadelo...

A Ditadura brasileira iria cair de joelhos graças a OPEP.






0 comentários:

Postar um comentário

Comentários