27 de dez de 2016



Hamilton foi um ponta de lança notável.

Cansou de fazer gols pelo América-PE, Santa Cruz, Náutico e Bahia.

Mais de trezentos.

Uma verdadeira lenda do futebol, muito bem retratada em livro por Mestre Lucídio.

Pois bem.

1954.

Hamilton estraçalha nos treinos da Seleção Pernambucana.

Deixa o nobre Ivanildo Espingardinha no banco.

Bianchi fica sem opção para não escala-lo.

Pernambuco sapeca 3 x 0 na Paraíba.

Dois gols de Hamilton.

E os jornais caem de pau em cima do artilheiro.

Pois o pecado de Hamilton... é que ele só sabe fazer GOL.




0 comentários:

Postar um comentário

Comentários