15 de nov de 2016



Fritz Walter era veterano nazista de guerra.

Um craque paraquedista.

Um craque que matara a torto e a direito pelos campos de batalha.

A Alemanha era um trapo.

Conquistou a vaga na Copa de 54 por milagre.

De milagre em milagre - vitórias sobre Iugoslávia e Áustria.

A Alemanha estava na final contra a Hungria.

Ninguém acreditava na Alemanha, e pior, ninguém sabia quem era Fritz Walter.

Turek, Rahn, Herbergger eram molambos europeus mortos de fome em campo.

A Hungria meteu 2 x 0 com dez minutos.

E o resto é história.

Fritz Walter conseguiu em Berna, o milagre de devolver o sentido de vida a um país.

Sem Walter?

Não existiria a Alemanha de hoje.

Nem existiria o 7 x 1 no Mineirão...






0 comentários:

Postar um comentário

Comentários