27 de ago de 2016



  Por ROBERTO VIEIRA

Para os mais antigos, o apocalipse.
O Mais Querido sempre foi biscoito fino.
O Fluminense do Rio era organizado e chique.
Mas o São Paulo era caixa alta.
Um clube que podia se dar ao luxo de renunciar aos títulos.
Para construir o monumental Morumbi.
O Santos conquistava o mundo?
Tudo bem!
O Palmeiras montava a Academia.
Tanto faz!
O Corinthians multiplicava sua torcida na dor.
Dor é coisa para os fracos.
O tricolor podia se dar ao luxo de não ganhar nada.
Construído o Morumbi.
Lá se foi o Clube da Fé conquistar o mundo.
Três vezes.
Por isso, a invasão do clube.
Os xingamentos.
As agressões.
O furto.
Tudo isso soa como o apocalipse do futebol.
Porque quando o futebol brasileiro mergulhava no caos.
Sempre havia alguém para lembrar do São Paulo.
O último clube que nos permitia ter fé no futebol brasileiro.
Mas o último fio de esperança se foi.

O futebol é definitivamente dos godos. 


Um comentário:

  1. Roberto: Você escreve muito bem. Tem ideias e tem as palavras. Mas dessa vez, voc6e exagerou, mestre! Não vou dizer mais nada. Ou, digo: o futebol no Brasil está indo pro brejo!

    ResponderExcluir

Comentários