13 de mai de 2016




Futebol é jogo de sorte?

É.

Dentro de certos parâmetros de mata mata.

Quando se trata de pontos corridos, a resposta é diferente.

O Santa Cruz parte na frente.

Time azeitado.

Torcida entusiasmada.

O Santa tem tudo para dar certo.

Sport e Náutico?

É uma outra história.

O Sport tem o osso duro da Série A com uma equipe capenga.

Uma equipe que passou 180 minutos diante do Santa Cruz sem fazer gol.

Mais 90 minutos contra o Salgueiro.

Nos últimos 450 minutos de bola rolando?

O Sport marcou um gol na bacia das almas.

O Náutico sonha que tem time pra sonhar.

Mas estréia diante do Criciúma fora de casa.

E se é verdade que o Criciúma venceu em Recife lá em 2013.

Não é menos verdade que o Náutico não dá sorte lá em Criciúma.

O Sport?

Deve vir com aquele lenga lenga de 1987 contra o Flamengo.

Coisa que ninguém mais aguenta.

Pode beliscar três pontos?

Claro.

Mas o elenco pra campanha não se sustenta.

O Náutico?

O que vier é lucro...





0 comentários:

Postar um comentário

Comentários