16 de dez de 2015



Não sei se ganha jogo.

O River Plate vestiu seus jogadores de samurai.

Problema?

O time não é lá essas coisas todas.

E o jogo de logo mais é na terra de quem já sofreu com bomba atômica.

O próprio nome do adversário é Hiroshima.

Pode dar River com tranquilidade.

Mas também pode ser dia do último samurai.

Em tempo:

O Internacional aprendeu como se deve jogar com o Mazembe, né?


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários