11 de jan de 2017



Por ROBERTO VIEIRA


‘Quem é o cabeça de chave nº 57?’

‘O Vaticano’

João Rous franze as sobrancelhas e traga o 
cachimbo imaginário.

A estreia do Vaticano é contra Tuvalu em 
Camberra.

O Papa Eusébio garantiu presença.

As Eliminatórias foram terríveis.

Depois de muito mata mata só Granada ficou de fora.

Pena.

Mas cogita-se de nova virada de mesa em 2050.

Ninguém seria eliminado nas Eliminatórias.

Sepp Rimet deveria estar feliz.

Tudo corre às mil maravilhas na Futflix.

Grana saindo pelo ladrão.

O futebol nunca foi tão rico e inclusivo.

O tempo da Copa do Mundo com 16 equipes passou.

Havelange foi parcimonioso com 24.

Duzentos e dez é muito mais redondo.

De vez em quando?

Alguém reclama.

Um verdadeiro absurdo diante dos empregos ligados ao futebol.

São cinco mil jogadores buscando a Taça da FIFA.

Mais jogadores que torcedores noutro clássico dessa tarde.

Comores x Burundi.

Rumores, denúncias, corrupção?

Voltamos pra velha solução:

Quando a FIFA vai mal?


Bota mais um time de várzea no Mundial.




0 comentários:

Postar um comentário

Comentários