28 de jun de 2016




Osmar Santos pertence ao Memorial atrial e ventricular de minha geração.

Um símbolo de bola rolando e diretas -já.

Um narrador esportivo digno de gols de letra.

Quanta dalta ele nos faz!

Assistir Osmar carregando a tocha olímpica em Marília nesta terça-feira?

Equivale a voltar ao tempo em que o Brasil era um sonho que a gente adorava sonhar...


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários