17 de mai de 2016





O mais espetacular boxeador após Cassius Clay.

Ou melhor.

Um Cassius Clay mais leve.

Mas Sugar também lembrava outro craque dos esportes: Tostão.

Ambos atingidos pelo Descolamento Traumático de Retina.

Tostão em 1969.

Sugar Ray em 1982.

Retina colada pela equipe do John Hopkins Hospital, em Baltimore..

Sugar Ray enfrenta Roberto Duran.

16 de dezembro de 1989.

Um soco e uma cabeçada de Duran acertam os olhos de Sugar Ray.

O sangue explode no ringue.

A retina permanece colada.

E a mesma pergunta dos tempos de Tostão retorna:

Vale a pena o risco?






Um comentário:

  1. Antonio (coerente... incoerente...)17 de maio de 2016 09:47


    Caros amigos,

    às vezes não me reconheço... não me entendo,...tenho sérios conflitos...

    não gosto de boxe... devia ser proibido...

    onde já se viu... um esporte com pancadas na cabeça... e vibramos com isso?...

    agora... agora...

    Cassius Clay...

    Sugar Ray Leonard...

    não perdia uma luta deles...

    no ringue... não, não... no palco...

    1 abrço a todos.

    Antonio

    P.S. sou tão coerente quanto a esse tipo de lutas que nesse esporte (???!!!?!!) UFC lembro-me sempre do tempo dos gladiadores...

    ah, ah... se o leão entrar no ringue... aí, aí... terei pra quem torcer...

    ResponderExcluir

Comentários