14 de mai de 2016



Uma das tristezas modernas é a realidade.

Antigamente,  o cabra assistia uma pelada e ainda sonhava.

Porque era tudo pelo rádio.

E o rádio tinha mais imaginação que Júlio Verne.

Hoje?

A gente assiste o ataque alvirrubro perdendo três gols de cego.

Pra depois ver Suarez mostrando  o abecedário do atacante.

Atacante que não faz gol?

Não merece o nome.

A não ser nas velhas e fabulosas - no duplo sentido - ondas do rádio.


Um comentário:

  1. Antonio (à espera do Paulistão-2017...)14 de maio de 2016 21:50


    Náutico...

    Santos...

    hehehe...

    vamos fazer uma roda...

    alvirrubros e santistas... de mãos dadas...

    (não acredito... perdemos de 11 reservas atleticanos)...

    ciranda, cirandinha... vamos todos...

    hehehe...

    ResponderExcluir

Comentários