9 de jan de 2016




Nada a ver com racismo.

11 de janeiro de 1950.

Flávio Costa escala dois times.

A seleção branca tem Barbosa; Augusto e Mauro Ramos:

Pra que Augusto?

E lá estava o soberbo Mauro!

Eli, Danilo e Noronha.

Sem Bauer.

Bauer que estava no time azul.

Tesourinha, Zizinho e Ademir... fantástico.

Jair no time azul.

E o genial catarinense Teixeirinha na ponta esquerda.

Teixeirinha que tabelava com Leônidas.

Teixeirinha que, modéstia a parte, conheci em Brusque.



0 comentários:

Postar um comentário

Comentários