20 de dez de 2015



Por ROBERTO VIEIRA

A América do Sul era o paraíso.

Hordas de imigrantes beijaram nossa terra.

Peucelles e Pederneras.

Aqui tinha carne pra comer.

Aqui tinha pão.

Aqui tinha emprego.

A Europa se reergueu da Primeira Guerra.

Equilibrou o jogo na década de 30.

Depois de ter sido violentada nas Olimpíadas de 24 e 28.

E na excursão do Paulistano em 1925.

Isso sem contar no passeio do Boca Juniors.

Veio Hitler, Mussolini, terra devastada.

O Arsenal veio por estas bandas e foi demolido pelo Vasco da Gama.

Londres tinha racionamento.

O Santos de Pelé dava show.

Tempo que passa.

Os europeus se reergueram.

Sempre mais organizados.

Sempre contratando o que não possuíam.

O Barcelona jogou hoje com seis sul americanos.

Todos fogem da miséria na infância.

Todos aprendem a amar a Catalunha.

O River Plate foi digno.

Mas parecia muito mais com os meninos juvenis campeões argentinos de 1975.

Do que La Maquina.

La Maquina que cresceu entre as Guerras.

Pra igualar o jogo?

Diante da corrupção de nossa sociedade.

Diante do socialismo moreno conectado com o atraso do planeta?

Precisamos de outra Grande Guerra.


Só a III Guerra Mundial pra igualar o jogo novamente...


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários