26 de jun de 2016



Era o minuto 88.

A bola chega aos pés de Puskas.

Num esforço sobre humano ele a golpeia para o gol.

Era o empate da Hungria.

O jogo contra a Alemanha iria para a prorrogação.

William Ling é o árbitro inglês na partida.

O bandeirinha galês Benjamin Griffiths ergue o instrumento de trabalho.

Puskas estaria off side.

Os filmes da partida que mostram o lance revelam o contrário.

O filme da FIFA da Copa de 54?

Esquece o assunto.

A Alemanha forte era muito mais importante que a Hungria viva.

Erro?

Política?

Difícil se avaliar.

Mas aquele impedimento no minuto 88 mudou a história do esporte.

O doping que não funcionara para o Brasil na copa de 50.

Agora parecia explicar a vitória dos alemães na Copa de 54.

Porque enquanto os húngaros continuam vencendo todo mundo até a invasão russa de 1956.

Os alemães entram num vazio de vitórias mortal.






0 comentários:

Postar um comentário

Comentários