1 de mar de 2015




O Sport pode ser o melhor elenco do estado.

Mas seu time 'alternativo' não ganha do Central em Caruaru.

Central que jogou like a virgin.

Borderline.

Com um gol de Madonna e quebra de tabu.

Arqueiro Murilo é seguro.

Centroavante Fabiano merecia ser olhado com carinho pela capital.

O Sport não descia a serra derrotado desde... muito tempo, gente!

Nas bandas da Arena.

Júlio César defendeu o décimo pênalti pelo Náutico.

E os corais voltam a xingar Betinho de 'Santanás'.

O Serra Talhada que não tem nada com isso?

Vai comendo pela beiradas que ninguém Lampião.






4 comentários:

  1. Por favor, Roberto, Fabiano não ! Não é muito diferente dos tadeus e josimares (é ainda muito mais "pesado"). A olhar para o Interior, preferiria o Kiros que vem mostrando qualidades de artilheiro. Tem enorme estatura e chuta forte.

    ResponderExcluir
  2. Somos realmente muito carentes de ídolos e artilheiros.Kiros e Fabiano seriam do 3º quadro do verdadeiro Náutico.Sonhamos com Kieza,Bizu,Kuki,etc e acordamos vendo Marcelinho,Kim,Josimar,Tadeu...
    E essa carência de ídolos é tão grande que basta uma partidazinha boa pro jogador ser alçado a condição de intocável,titular absoluto,como nos casos de Fillipe Souto,Patrik Vieira,Jeferson Renan,assim como foram Paulinho,Vinicius,Marinho...

    ResponderExcluir
  3. Marcelo Lins diz:
    Concordo com Carlos Leite, estamos carentes de bons jogadores....
    Pior é ver o Técnico do Náutico achando o resultado excelente.
    Somos o 5 colocado de um campeonato mequetrefe com 6 clubes.
    Muito pouco para o Náutico, o Náutico para mim não deve se satisfazer com migalhas, como por exemplo achar o máximo chegar em uma final de pernambucano.

    ResponderExcluir
  4. Claro que sonhar eu também sonho, meus caros Carlos Leite e Marcelo.. Por sinal que - privilégio da velhice - meu parâmetro é ainda bem superior ao de Kieza, Bizu e Kuki (Mestre Lucídio, meu contemporâneo, sabe em quem estou pensando...) Só que, na indigência atual, com olhos bem abertos para nossa realidade, limito-me a indicar o lateral direito João Carlos, do Serra Talhada, o atacante Kiros, do Porto. Pelo menos, melhores do que esses tantos contratados não sei de onde, garanto que são. Quanto a ídolos, descrente da possibilidade de tê-los novamente, contento-me em preservar, com respeito e admiração, os que já ostentaram essa condição, a exemplo de Ivan Brondi (e do próprio Kuki que, qualquer dia desses, ao invés do prometido jogo de despedida, também levará o seu ponta-a-pé na bunda...)

    ResponderExcluir

Comentários