20 de fev de 2015






Véspera do feriado de 13 de maio.

Noite no Estádio da Jaqueira.

O árbitro Alonso Rodrigues de Souza trila o apito inicial.

Era o jogo mais difícil do Central.

Pegar o campeão estadual de 1936, Tramways.

Tramways ainda mordido com as derrotas diante do Central nos amistosos de 1936.

Jogo iniciado às 21 horas.

Aos 3 minutos?

Zé de Nane entra no lugar de valentino, machucado.

Dão sopa pra Sopinha e Sopinha abre o marcador aos 13 minutos de jogo.

Cheiro de goleada.

Mas o Central equilibra as ações e o intervalo chega com 1x0.

6 minutos da etapa complementar e lá vai ele, Sopinha: 2x0.

Olívio cruza e Alcides marca 3x0.

Pedro está desconsolado.

Tutu pede garra.

Que nada!

Sopinha crava 4x0.

Esse Sopinha que ninguém lembra atualmente era fogo!

Sopinha que marca seu quarto gol na partida: 5x0.

Tutu e Braga diminuem o vexame para 5x2.

O Central não é mais aquele do ano que passou...




0 comentários:

Postar um comentário

Comentários